maio 15, 2014
211 Visualizações
0 0

Barulho estranho? Talvez seja a hora de uma revisão veicular

Publicado por

carros rua

Se o seu carro estiver fazendo alguns barulhos estranhos, nada de desespero. Ter um veículo com sons esquisitos não é novidade nenhuma. Claro que alguns motoristas conseguem suportar mais do que outros os barulhos, porém todos sabem que quando eles começam, chegou a hora de fazer uma revisão.

Os mecânicos gostam de comparar os rangidos que um carro faz com o choro de uma criança. É com base nesse “choro” que eles tem que descobrir se o carro precisa de um disco de freio novo ou se na verdade o problema é no motor.

Ajudando o mecânico

Você pode ajudar seu mecânico a já começar pelo caminho certo para descobrir o significado do “choro do seu bebê”. E para isso contamos com a ajuda de Danilo Vasconcelos, sócio fundador da Dinamicar Pneus, uma rede de loja de pneus, para nos dar algumas dicas:

Primeiramente, verifique se o barulho vem da parte dianteira ou traseira. Se for da parte de trás do carro, a coisa fica bem simples, a suspensão traseira possui poucas peças o que facilita e muito o problema ser encontrado. Antes de leva-lo a oficina porém, abra o porta malas e veja se estepe e suas ferramentas estão bem presas, verifique também se não tem nada nela que possa estar fazendo tal barulho. Outro ponto a se verificar são os bancos traseiros, veja se eles estão bem presos no lugar. Feito isso, se o barulho persistir, vá direto para o mecânico. Na parte traseira os maiores vilões são o escapamento solto e as buchas da suspensão.

Na parte dianteira a coisa fica um pouco mais complicada, uma vez que os barulhos podem ter origem tanto no motor como na parte da suspensão. Para saber se o ruído vem do motor, um teste simples e que funciona na maioria das vezes pode ser feito, ligue o carro e acelere um pouco o carro sem engatar a marcha, se ele fizer o tal barulho, sabemos que o problema é ali. Outra dica importante é perceber se o barulho é contínuo, uma marca dos ruídos de motor.

Os barulhos da suspensão geralmente são intermitentes e ocorrem em determinadas situações (passando por lombadas ou em curvas) e com o veículo em movimento. Os principais vilões aqui são as buchas, os batentes, as bandejas, os pivôs e os amortecedores.

Em todas essas situações não é recomendado e nem inteligente permanecer usando o veículo, uma vez que o carro é uma máquina complexa e a maioria de suas peças são acopladas uma na outra, então um pequeno defeito que não foi consertado, pode acarretar em um defeito maior e em outras partes do carro em pouco tempo. É extremamente importante que seja feita uma revisão periódica.

Comente ou dê a sua opinião