fev 19, 2014
359 Visualizações
0 0

Cerveja e saúde

Publicado por

cerveja

As pessoas que são diabéticas ou que adquiriram a doença com o passar da vida, tiveram uma boa notícia há um tempo. Uma pesquisa realizada pela parceria entre a Universidade de Barcelona, o Hospital Clínico de Barcelona e o Instituto Carlos III de Madrid, revelou o que até então era um tabu para a maioria dos médicos. A cerveja, ao contrário do que era pensado, pode até ajudar no controle da glicemia e na prevenção de inflamações.

“Muitas pessoas esquecem que a cerveja, quando consumida com moderação, já está no mesmo patamar que o vinho quando se diz respeito em fazer bem para a saúde. Essa novidade de que não faz mal para diabéticos é maravilhosa!” Comenta Eduardo Marinho, sócio fundador de uma Distribuidora de Cervejas na Barra da Tijuca, a Barra Ice.

Outro mito que foi desmentido foi quanto ao fato de que as cervejas engordam. Eles afirmaram que a cerveja não é a responsável pelo aumento da gordura, já que uma caneca da bebida possui apenas 200 calorias. O que pode acontecer é que, geralmente, para acompanhar a cerveja, as pessoas comem petiscos bastante gordurosos, como salgadinhos e frituras.

Uma nova pesquisa

Foi divulgado no ano passado, na Angewandte Chemie International Edition, uma revista científica, uma pesquisa americana, que confirmava a anterior e que ainda conseguiu decifrar com exatidão as moléculas de humulonas, que são derivadas do lúpulo.

Com essa pesquisa foi possível para os cientistas conseguirem incorporar essas substâncias em medicamentos. Enquanto não é plausível falar para as pessoas tomarem grandes quantidades de cerveja, pois não é saudável, se conseguirmos incorporar as moléculas que fazem bem para a saúde, alguns tratamentos serão beneficiados.

Agora fica a dúvida, você vai preferir fazer o tratamento por meio de medicações, ou vai preferir o tratamento natural, que é tomar uma gelada todo dia? Sempre com moderação, é claro!

Comente ou dê a sua opinião