jul 15, 2014
665 Visualizações
0 0

As cinco piores estradas do mundo

Publicado por

Nem todos os roteiros de viagens de carro são perfeitos. Existem também caminhos à beira do abismo, curvas impossíveis e muitos obstáculos mundo a fora. Em algumas estradas, a viagem é um verdadeiro convite ao perigo. Nem todos os caminhos levam à Roma, alguns levam ao desastre. Segundo Gregory Maitre, sócio fundador da Betuseal, empresa de selante asfáltico, existem estradas e rodovias no mundo, nas quais é melhor nunca cruzar seja por sua geografia, ou pela sua falta de infraestrutura na pista. Para ele, a segurança de uma estrada está ligada a sua pavimentação e estrutura.

Confira as cinco estradas consideradas as piores do mundo:

A estrada da morte, Bolívia

estrada-da-morte

A Yungas Road, que liga La Paz a Coroico, é também conhecida como Estrada da Morte, e, tem ao seu norte, entre os quilômetros 61 e 69, o trecho mais assustador de todas as estradas do mundo. Em 1995, foi considerada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento como “a estrada mais perigosa do planeta”. Nesse trecho, por ano, morrem cerca de 200 a 300 viajantes, que acabam despencando montanha abaixo.

Ruta 5: Caminho de Arica à iquiqui, Chile

Ruta5-Caminho-de-Arica

A estrada passa por vales profundos com ventos muito fortes, além de frequentemente ser encontrado pelo caminho esqueleto de veículos. A paisagem é tão isolada e deserta que pode fazer com que o indivíduo tenha visões, então para se concentrar no caminho é essencial evitar qualquer tipo de alucinação.

Estrada Siberiana para Yakutsk, Rússica

Estrada-Siberiana-para-Yakutsk

A estrada liga Moscou a Yakutsk, cidade onde foi registrada a menor temperatura da história fora da Antártica, cuja qual foi -89,6º C. Uma curiosidade bastante interessante é que ela foi construída em cima de uma plataforma de gelo, o que faz com que casas e lojas sejam feitas em cima de pilares de concreto para aguentar o solo congelado. A visibilidade da estrada durante os dez meses de inverno é quase nula, sujeita a neve pesada e muito gelo.

Estrada James Dalton, Alasca

james-dalton

A James Dalton é uma estrada de cascalho de mais de 600 quilômetros, que sai da cidade de Livengood e segue em direção ao norte, aos confins do Alasca. Além dessa estrada, a principal rota de abastecimento dos campos de petróleo de Prudhoe Bay, a única construção no caminho é um oleoduto com três mil quilômetros que atravessa o Rio Yukon. A pista é cheia de buracos e muito escorregadia para os enormes caminhões que trafegam por ela; Sem nenhuma infraestrutura, pedras enormes costumam voar sobre os para-brisas. Espessas nuvens de poeira e lama reduzem ainda mais a visibilidade, chegando a quase zero.

Trollstigen, Noruega

estrada_Trollstigen_

A estrada Trollstigen sobe as montanhas de Rauma, na Noruega, e liga as cidades de Åndalsnes e Valldal. Ela possui 9º de inclinação, tornando-se atração turística, onde há, no topo, um amplo parque e estacionamento para que os visitantes caminhem por uma trilha com cachoeiras e curtam, numa plataforma panorâmica, a vista para a estrada. Ela possui onze curvas apertadas ao lado de uma montanha bem íngreme. Veículos com mais de doze metros são proibidos de trafegar pelo local.

Se você é do tipo aventureiro e gostaria de conhecer lugares como este vá em frente! Mas, não se esqueça de tomar as devidas precauções. Lembre-se que estradas não pavimentadas são altamente perigosas.

Assuntos Relacionados
Andrielle Bressane · Colunistas

Comente ou dê a sua opinião