maio 9, 2017
102 Visualizações
0 0

Como evitar que a maresia acabe com seu carro

Publicado por

Morar perto de praia é uma delícia, ninguém tem dúvidas disso. Mas a verdade é que quando o assunto é metal oxidável e maresia o assunto fica delicado. E no mundo do automobilismo quase tudo é composto de aço e ferro que não são resistentes ao ar marinho. A consequência disso é a oxidação acelerada de partes metálicas e consequente danificação de partes do carro.

E como evitar que o ar em suspensão atinja seu carro de maneira a representar um perigo à estrutura? O especialista Danilo Vasconcelos, da Dinamicar Pneus, lojas de pneus no Rio de Janeiro, fala sobre alguns cuidados especiais para evitar que seu carro se torne alvo da maresia: “É importante ressaltar que o período de permanência no local de praia é parte da condição para as chapas serem afetadas”, alerta.

Siga alguns passos para a conservação do seu carro

  • Carros antigos, com mais de 10 anos de fabricação, são mais suscetíveis a essa condição
  • Partes mais sensíveis são entre as borrachas, entradas de portas, juntas de diversas naturezas e o fundo do carro
  • Com tempo de permanência igual ou inferior a sete dias, uma boa lavagem livra o carro dos riscos da maresia. Com tempo de permanência superior, é importante realizar uma lavagem completa, incluindo motor, suspensão, entradas de portas e assoalho
  • Observe, em caso de extensa permanência, as condições da suspensão e da estrutura primária do carro, como longarinas.

Cuidados básicos evitam transtornos

Em carros mais novos, essa necessidade de cuidados diminui, mas não cessa. Ou seja, é fundamental estar sempre com a limpeza em dia, bem como revisar sempre as partes móveis como portas, suspensão e motor. Além disso, caso tenha alguma dano à carroceria provocado por algum acidente, é importante saber que a chapa fica suscetível à presença de ferrugem. Portanto, todo cuidado é pouco!

Assuntos Relacionados
Andrielle Bressane · Artigos · Serviço

Comments are closed.