jan 27, 2015
37 Visualizações
0 0

Como saber a Calibragem ideal dos pneus?

Publicado por

Você sabia que pode estar acabando com a vida útil do seu pneu muito antes do que deveria ser o certo para realizar uma troca programada? Sim, isso acontece quando o uso dos pneus é feito de maneira inadvertida, gerando problemáticas, inclusive, para a segurança dos passageiros. Estamos falando da calibragem, um procedimento simples e que a maioria dos motoristas sabe como fazer, entretanto não fazem.  Essa negligência pode causar danos irreversíveis ao composto.

A calibragem ideal varia de acordo com os tipos de pneus usados, do peso do carro, do número médio de pessoas que são transportadas e outros fatores. Entretanto, o fabricante determina um valor básico, para ser aplicado quando o carro está vazio, observando apenas o peso básico de componentes como motor e caixa.

O especialista Danilo Vasconcelos, da Dinamicar Pneus, lojas de Pneus no Rio de Janeiro, fala sobre a importância da calibragem correta: “É muito comum as pessoas nos procurarem com pneus desgastados na lateral ou mesmo apenas no centro da banda de rodagem. Isso significa que um calibrou pouco ou esqueceu de calibrar e o outro calibrou demais. É fundamental seguir o manual do carro à risca!”, completa ele.

<h2>Na chuva redobre a atenção!</h2>

Tudo isso que foi falado serve para ambos os pisos, só que na chuva a atenção com a condição dos pneus deve ser redobrada. Com falta de calibragem, a condição de rodagem muda totalmente e com o desgaste a chance de aquaplanagem é muito maior. Essa condição também é favorecida com calibragem excessiva. Verifique o manual do seu carro e procure não extrapolar os limites da máquina. É a melhor situação para quem deseja usar os pneus até o fim previsto pelo seu fabricante. Olhe, compare e entenda tudo que foi falado neste post, isso fará você ter menos dor de cabeça para fazer a manutenção do carro.

Assuntos Relacionados
Artigos

Comments are closed.