mar 26, 2014
143 Visualizações
0 0

Como uma experiência de compra diferenciada pode ajudar nos seus negócios

Publicado por

experiência de compra

O cenário econômico brasileiro apresenta várias peculiaridades que desafiam os empresários pequenos. Ao mesmo tempo que a classe média só aumenta, a inflação sobre e empurra os consumidores para fora do país.

Apesar de a alta do dólar ajudar a conter as viagens “de compras” que muitos consumidores brasileiros estavam fazendo, o homem de negócios ainda precisa se armar para entrar na briga pelos clientes. Um diferencial que pesa é a experiência de compra. Quanto mais satisfatória ela for, mais o cliente estará disposto a voltar e comprar de novo, sem pensar muito no preço.

Como melhorar essa experiência de compra nas lojas físicas? Aqui vão algumas dicas:

Mantenha sua equipe em sintonia

Embora seja essencial manter certa competição entre os vendedores da equipe, é mais importante ainda mantê-la em níveis saudáveis. Brigas e desacordos entre vendedores, mesmo que só aconteçam nos fundos da loja, acabam refletindo no atendimento deles.

Mantenha-a equipada, também

Um estudo feito pela Motorola Solutions para entender o comportamento do consumidor latino americano aponta que 70% dos consumidores têm melhor experiência de compra em lojas cujos vendedores assistiam a venda com ferramentas tecnológicas. E mais: 39% dos consumidores disseram que pagariam até uma vez e meia o valor de um produto na loja que oferecesse o melhor serviço.

Tenha um diferencial que chame atenção dentro da loja

Há algo em sua loja que ninguém mais vende? Se há, parabéns. Se não, vale a pena investir em algo que faça diferença para o cliente na hora de comprar. Um exemplo é a cabine climatizada a 5 graus negativos que a Loja de Inverno instalou na filial da Tijuca. Um jeito criativo de dar aos cariocas a realidade – e o frio – que enfrentarão nos destinos gelados de viagem.

E quanto à experiência virtual, podemos destacar:

  • Garanta a segurança de seu cliente com ferramentas de pagamento seguro
  • Mantenha um visual clean no site, para não desestimular os clientes
  • Certifique-se que os botões de ação (como “Compre Aqui”) estejam bem visíveis
  • Seja sincero quanto às suas condições de entrega – é melhor assustar o cliente com um prazo longo do que perder futuras compras (e recomendações) dele por prometer um produto e não entregar
  • Aproxime a experiência de compra o máximo possível da compra em loja física, seja disponibilizando um atendente virtual ou, no caso de roupas, simplesmente colocando as medidas no site, para garantir que o cliente não compre o tamanho errado.

Essas medidas garantem uma maior simpatia por parte do cliente que pode ter vários efeitos positivos. Antes de qualquer coisa, ele cria uma relação com a sua loja. Em seguida, vêm recomendações e votos sociais – reações positivas na sua página de internet, que aumentam a visibilidade dela em sites de busca, e trazem mais clientes para você.

Agora que você já tem essas ferramentas, está esperando o que? Mãos à obra!

(Texto gentilmente cedido por Katharina Farina)

Comente ou dê a sua opinião