set 18, 2015
236 Visualizações
1 0

Deixei o Brasil para trás e trouxe minhas ideias para os EUA

Publicado por

Em meados de 2011 estive em um evento em Nova York com uma parada de poucos dias em Washington DC. Empreendedorismo sempre foi uma paixão minha, assim como inovação e tecnologia, e não demorou muito para que em março de 2012 eu decidisse que era hora de criar minha própria empresa.

Aqui estamos, eu e você, falando sobre empreendedorismo.

Aqui estamos, eu e você, falando sobre empreendedorismo.

Eu tinha 24 anos, um diploma de uma das melhores universidades brasileira e alguns anos de experiência em finanças e novos negócios.

Passados três anos, quatro startups, um livro e muita história para contar, aqui estou eu novamente em Washington DC escrevendo este post. Irônico, mas mesmo embora tenha criado projetos que flutuaram nos seus milhões em valuation, não voltei para Washintong DC a passeio (quando meus posts vierem do Havaí, aí você já pode começar a desconfiar).

Se você pretende empreender ou já atua no segmento de internet, aperte os cintos. A seguir, você verá um relato de três anos  e poderá entender a razão para eu largar tudo e vir para os EUA.

[section label=”A primeira startup a gente nunca esquece” anchor=”A primeira startup a gente nunca esquece”]

A primeira startup a gente nunca esquece

Em março de 2012 criamos nossa primeira startup, o Qualoo, um site de localização de revendedores diretos. Foi nesta etapa que tomamos contato com a literatura do Lean Startup e da metodologia do Canvas e começamos a fazer uma série de entrevistas com clientes e revendedores.

Tela de busca de revendedores

Tela de busca de revendedores

“A business model describes the rationale of how an organization creates, delivers, and captures value”

Quanto mais falávamos com os revendedores, mais percebíamos que sua localização em si não era o maior problema — talvez fosse a prospecção de novos clientes — mas este não era o foco do Qualoo.

Decidimos abortar o Qualoo em meados de julho em conjunto com uma notícia bastante triste para mim. Meu pai, médico há 30 anos, havia tido um acidente vascular cerebral e seu centro de atendimento em São José dos Campos, com cerca de 2 mil atendimentos mensais, necessitava de um choque de gestão.

Lá ia eu de volta ao Excel!

Decidimos abortar o Qualoo em meados de julho em conjunto com uma notícia bastante triste para mim. Meu pai, médico há 30 anos, havia tido um acidente vascular cerebral e seu centro de atendimento em São José dos Campos, com cerca de 2 mil atendimentos mensais, necessitava de um choque de gestão.

Lá ia eu de volta ao Excel!

Decidimos abortar o Qualoo em meados de julho em conjunto com uma notícia bastante triste para mim. Meu pai, médico há 30 anos, havia tido um acidente vascular cerebral e seu centro de atendimento em São José dos Campos, com cerca de 2 mil atendimentos mensais, necessitava de um choque de gestão.

Lá ia eu de volta ao Excel!

[section label=”Esteja preparado para o inesperado” anchor=”Esteja preparado para o inesperado”]

Eu e meu sócio olhando para o futuro e pensando: “ “E agora, tudo de novo?”

Eu e meu sócio olhando para o futuro e pensando: “ “E agora, tudo de novo?”

Esteja preparado para o inesperado

O que seria um atividade pontual, demandou cerca de 18 meses de considerável energia. O importante é que o centro médico deslanchou e logo de início abriu a oportunidade de desenvolvermos um software de gestão de atendimentos, chamado Qlinics.

.

.

.

[section label=”One more time.” anchor=”One more time.”]

One more time.

Tela com histórico das informações do paciente.

Tela com histórico das informações do paciente.

Não, não desistimos ai. Recriamos todo o modelo do Qlinics, agora chamado Quantifique, durante o primeiro semestre de 2013 para atender não mais o público médico, mas sim prestadores de serviços em geral, muitos dos quais nos contataram durante os primeiros meses do projeto.

O Quantifique atingiu em seu pico mais de 100 usuários únicos/mês, totalizando cerca de 600 cadastros . Nesta época tive acesso a boas literaturas como Behind the Cloud e Predictable Revenues, Chrossing the Chasm (must-read! PDF no link) além de duas especializações em direito e diversos cursos de empreendedorismo no Coursera. Eu estava confiante e a lição de casa estava feita…

Mas ainda não tínhamos um faturamento (exceto uma consultoria que fiz sozinho e faturei pela empresa) e os pedidos de customização não paravam de chegar. O principal problema que encontramos foi que, uma vez tendo sido criado para prestadores de serviço em geral, sem escopo definido, a especificidade de cada vertical acabava emergindo cedo ou tarde. Ficamos totalmente perdidos em relação a qual feedback atender. Um SaaS é um sistema multi tenant por padrão, lembra? Ou seja, é o mesmo software oferecido para diversos clientes através da web. Pela segunda vez teríamos que tomar uma decisão bastante complicada. E, apesar de estarmos sem dinheiro, optamos por continuar tentando.

[section label=”Investigue a fundo seu mercado e refine sua proposta de valor” anchor=”Investigue a fundo seu mercado e refine sua proposta de valor”]

Investigue a fundo seu mercado e refine sua proposta de valor (vai levar um tempo)

 “Now the hard part, why you spend a decade in school, is seeing the crumbs. But the clue’s there”

O desenvolvimento de qualquer projeto de tecnologia com caráter inovador, em maior ou menor grau, segue um racional muito mais investigativo do que científico, embora hajam diversas técnicas para tal. Isso leva tempo (veja mais sobre este assunto neste post). Para nossa equipe, foi necessário cerca de dois anos. Entretanto, finalmente, tínhamos identificado com clareza um ponto singular, que valeria a pena investir mais tempo e recursos. Nascia ai o Squidboss.

[section label=”Finalmente, no caminho certo.” anchor=”Finalmente, no caminho certo.”]

Finalmente, no caminho certo.

squidboss

Tela do Squidboss.com

Um dos pontos que ficou claro para nós foi que seria impossível atender todo mundo. Entretanto, percebemos um fator em comum em várias empresas. Muitas delas tinham processos atípicos e não previstos nos sistemas formais da empresa, o que resulta em customizações ($$$), processos informais ou planilhas em Excel (Informações Desestruturadas). Obviamente, em um mundo em constante evolução, não é mais possível organizar tudo através de uma única solução rígida, restrita a um único cenário.

.

[section label=”Nossa resposta para isso foi o Squidboss:” anchor=”Nossa resposta para isso foi o Squidboss:”]

Nossa resposta para isso foi o Squidboss:

.

“O Squidboss é uma plataforma web que permite que você construa e o gerencie listas de informações e pequenos processos pela internet, com simples configurações, sem programação.”

Squidboss Builder: ambiente de configuração de formulários e listas de informação

Squidboss Builder: ambiente de configuração de formulários e listas de informação

Saímos de 3 pessoas para 7 e nos aprofundamos no entendimento do mercado de SaaS e PaaS, assim como suas verticais. Estruturamos um relatório, o qual veio a ser um ebook. Superamos os desafios da estruturação de um banco de dados capaz de lidar com toda a complexidade.

No início de 2015, conseguimos nosso primeiro investimento-anjo, acelerando o desenvolvimento da plataforma. Entretanto, por mais que tentássemos lançar nosso produto o quanto antes, ficava cada vez mais claro que precisaríamos de mais recursos (Saiba de quanto sua startup vai necessitar neste post aqui).

.

[section label=”E agora?” anchor=”E agora?”]

Squidboss Builder: ambiente de configuração de formulários e listas de informação

Squidboss Builder: ambiente de configuração de formulários e listas de informação

.E agora?

Este é aquele momento que olhamos tudo o que já fizemos e percebemos o quão longe fomos, sozinhos. Entretanto, a partir de certo ponto, é impraticável seguir sozinho. Assim sendo, decidi que era hora de largar tudo, colocar minha mochila nas costas e vir para terra do Tio Sam. Se há algum lugar no mundo onde estes três anos de experiência e aprendizado valem alguma coisa, este lugar é nos Estados Unidos da América.

.

.

Empreender é lidar com uma vasta quantidade de informações e agir precisamente em pouco tempo, com poucos recursos

Empreender é lidar com uma vasta quantidade de informações e agir precisamente em pouco tempo, com poucos recursos

Quer ser um investidor do Squiboss? É uma startup? Grande empresa querendo fazer negócio? ou quer só conhecer mais sobre nós…? De qualquer forma, entre em contato (queremos conhecer você, caso contrário não escreveríamos aqui!).

Go!.

Email: rodolfo@piertech.com.br
Whatsapp (USA): +1 (240)743 0692

Fonte: Jornalismo Colaborativo

Rodolfo Pinotti
http://www.piertech.com.br

Piertech Serial Entrepreneur - Autor do livro "Surfando a Nova Economia".

Comments are closed.