nov 24, 2014
263 Visualizações
0 0

Empresas que investem em informática aumentam a sua lucratividade

Publicado por

Compreender o papel da informatização para os desenvolvimento dos negócios deixou de ser apenas uma questão de adaptar-se a uma facilidade. Hoje, qualquer empresa, de qualquer porte, não pode abrir mão de computadores em rede, e-mail próprio e equipes técnicas especializadas – no caso das grandes – sob pena de estagnação das atividades ou mesmo a falência.

Imaginem, por exemplo, se na década de 1940 e 1950 os jornais não tivessem máquinas de escrever em suas redações. Como os jornalistas redigiriam seus textos? Como os editores controlariam a produção? Este é apenas um exemplo para evidenciar que, independentemente da atividade fim, o importante é viabilizar o fluxo de informações com as últimas ferramentas disponíveis.

Um braço da informatização de fundamental importância é o da Tecnologia da Informação – TI. Muitas empresas ainda se equivocam ao implementar sistemas que favoreçam a troca de informações, controlem pagamentos, gerem documentos e outras atribuições automatizadas que cada vez mais são englobadas pela Tecnologia da Informação. Isto porque, antes de investir em recursos informatizados, ignora-se a real necessidade deles. Antes de mais nada, é preciso avaliar se o investimento em informatização vai trazer lucros para a empresa.

Sistematizar a informação consiste em integrar processos, pessoas, tarefas e rotinas e é composto por hardwares e softwares, com as devidas adaptações por atividade e setor.

O ideal é sempre o uso coerente dos recursos tecnológicos. Assim como é impensável abrir mão da internet e da informática em qualquer empresa, é contraproducente investir nesses recursos quando não há necessidade.

 

Softwares de gestão que fazem a diferença

As empresas em que há grande fluxo de negócios, com muitas instâncias envolvidas desde a recepção do cliente até a conclusão das atividades, cada vez mais recorrem a softwares que as auxiliam em diversas tarefas relativas à gestão de dados.

Um desses recursos é o Sofware de gestão de RH da Cezanne, que permite que diversas tarefas sejam controladas simultaneamente, permitindo aos empregadores que direcionem recursos e pessoas para as tarefas certas e objetivos certeiros. Por exemplo, o software conta com dispositivo de feedback de tarefas, que avisa tanto ao empregado quanto aos diretores sobre prazos a expirar. Isso é útil para que a famosa desculpa do “eu esqueci” seja evitada.

Outro exemplo de software cuja aplicação faz a diferença é o  NewView, desenvolvido pela empresa NewHosp. Trata-se de um software que permite a digitalização de raios-X e sua visualização em telas de computador. O recurso é bastante interessante, pois ao mesmo tempo em que facilita a vida de profissionais, permite que se economize em filmes e demais insumos necessários para se fazer radiografias.

Como esses, muitas outras aplicações em informática possibilitam a otimização de recursos e agilização nos processos. Sabendo usar, são poderosas e imprescindíveis ferramentas de trabalho.

 

Comments are closed.