Vale Publicar
Conteúdo que vale a pena você ler e publicar. Crie sua conta grátis!

A FILOSOFIA DA FRASE”CONHECE-TE A TI MESMO E CONHECERÁS O UNIVERSO E OS DEUSES”

 viverdefilosofia-conhecimneto

  O Universo é bem maior que nós.

Conhecendo a nós mesmos não vamos saber o que está se passando nas galáxias do Campo Ultraprofundo do Hubble, que só vemos por um “retrato” que foi tirado delas há 10 bilhões de anos, que é a luz que está chegando aqui.

Conhecendo a nós mesmos, porém, podemos chegar a um limite importante: conhecer o que é conhecer.

Eu digo que há limites para o que os conceitos podem descrever e prever – os conceitos, unidades básicas do conhecimento, são sempre dotados de uma margem de imprecisão, que é variável entre eles.

A genética do comportamento é uma das ciências nas quais nós nos dedicamos a conhecer a nós mesmos.

Dessa forma, observando/teorizando nossa própria capacidade de conhecer, teremos, eu penso, uma pista dos limites das nossas próprias mentes de destilar a ordem do mundo.

Isso foi usado mais tarde na mecânica quântica.

Estou começando a trabalhar com genes ligados ao comportamento humano.

Comparações de diferenças e igualdades são a base conceitual da estatística que auxilia os testes de hipóteses científicas, usados canonicamente nas ciências naturais.

Os fenômenos naturais que estão em escalas nanométricas e em escalas de anos-luz nos são em muitos sentidos inescrutáveis.

Como todo poeta sabe, há limites para o que as palavras podem expressar.

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.