set 6, 2014
273 Visualizações
0 0

Geração Canguru: um fenômeno universal

Publicado por

Já se comentou, na seção Tecendo Vitam, sobre a geração nem, nem, hoje se trata da Geração Canguru, fenômeno que vem se construindo em paralelo às exigências de maior qualificação para o mercado de trabalho.

Segundo Wasmália Bivar, presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na apresentação do Relatório “Síntese de Indicadores Sociais – Uma análise das condições de vida da população brasileira”, ocorreu uma evolução da sociedade brasileira em dez anos, de 2002 a 2012. Neste período subiu de 20 para 24% de jovens entre 25 e 34 anos que vivem com os pais. Desses jovens, 60% são homens e 40%, mulheres, em faixas de renda mais altas.

Uma das características desta categoria social é a permanência em casa para estudar por mais tempo, a fim de melhorar as chances no mercado de trabalho competitivo, retardando a criação de uma nova família. Quando se trata das mulheres o fator de cuidar dos doentes ou dos que precisam de algum apoio, as mantêm em casa.

O conforto, o comodismo ou a falta de condições financeiras não são os principais fatores que mantêm esses jovens na casa dos pais, afirma Wasmália.

por Veriana Mosil

Somos mulheres que tratam da vida, do gostar e do acreditar que a vida é tecida ponto a ponto todos os dias. Na tessitura os fios são admirados e dão sentido para a existência humana. É tecida pelos fios do amor, solidariedade, aceitação, e pelos fios da tragédia composta por sucessões, alternâncias e alteridades. É preciso paciência, entregas e renúncias, partidas e recomeços, altos e baixos. Dialogue conosco e se comprometa a tecer uma vida com sentido. Teçam VITAM conosco!

TAGS
Assuntos Relacionados
Educação e Cultura

Comente ou dê a sua opinião