Vale Publicar
Conteúdo que vale a pena você ler e publicar. Crie sua conta grátis!

O MITO DA CAVERNA, TAMBÉM CONHECIDO COMO “ALEGORIA DA CAVERNA”

viverdefilosofia-mito da caverna

O Mito da Caverna, também conhecido como “Alegoria da Caverna” é uma passagem do livro “A República” do filósofo grego Platão. 

É considerada uma das mais importantes alegorias da história da Filosofia.

É mais uma alegoria do que propriamente um mito.

Voltaria para a caverna para passar todo conhecimento adquirido fora da caverna para seus colegas ainda presos.

Através desta metáfora é possível conhecer uma importante teoria platônica: como, através do conhecimento, é possível captar a existência do mundo sensível (conhecido através dos sentidos) e do mundo inteligível (conhecido somente através da razão).

Ao sair da caverna e entrar em contato com o mundo real ficaria encantado com os seres de verdade, com a natureza, com os animais e etc.

Os seres humanos tem uma visão distorcida da realidade.

A caverna simboliza o mundo, pois nos apresenta imagens que não representam a realidade.

Os prisioneiros vão o chamar de louco, ameaçando-o de morte caso não pare de falar daquelas ideias consideradas absurdas.

Só é possível conhecer a realidade, quando nos libertamos destas influências culturais e sociais, ou seja, quando saímos da caverna.

Os prisioneiros ficam dando nomes às imagens (sombras), analisando e julgando as situações.

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.