maio 9, 2017
149 Visualizações
0 0

O que é o atuador de marcha lenta

Publicado por

Ele existia em forma de parafuso na época do bom e velho carburador. Mas a verdade é que o atuador de marcha lenta é uma peça fundamental em qualquer sistema de injeção. Na eletrônica, é um sensor que regula a mistura ar combustível no momento em que o motorista não está pisando no acelerador. Ou seja, não está comandando a abertura da borboleta. Para não se fechar totalmente e fazer com que o motor pare de funcionar, é imprescindível que essa peça funcione bem.

Em caso de mau funcionamento, é muito comum que o atuador de marcha lenta passe a variar rotação do motor em marcha lenta. Provavelmente quem já teve carro com injeção já se deparou com o seguinte cenário. Sem encostar no acelerador, o carro ficava variando aceleração como se alguém estivesse pisando no pedal. Esse é o sintoma mais característico. Danilo Vasconcelos, da Dinamicar Pneus, loja que também faz manutenção de injeção eletrônica em geral, fala da importância do mecanismo sempre ok: “Quem não faz uma revisão na injeção eletrônica tem diversos problemas, principalmente com aumento significativo do consumo. Uma boa revisão, em muitos casos, faz descobrir pequenas avarias antes que se tornem grandes e onerosas”, conclui.

Peça com defeito atrapalha o funcionamento do ar-condicionado

Quando era a época do carburador, ao ligar o ar-condicionado, o motor subia de maneira significativa e aumentava muito o consumo. Com a injeção, essa correção de rotação é mais precisa e funcional. Mas quando a peça emperra, é normal, ao ligar o aparelho, que o motor morra ou caia em demasia a rotação, não deixando, inclusive, o ar-condicionado ligado. Quando você está com o pé no acelerador, não se percebe o problema, já que o atuador de marcha lenta, como o nome mesmo diz, só atua no momento em que o carro está em marcha lenta.

Assuntos Relacionados
Andrielle Bressane · Artigos · Serviço

Comments are closed.