maio 9, 2017
12 Visualizações
0 0

A qualidade do asfalto e como ela afeta os pneus

Publicado por

A qualidade do asfalto influi diretamente no tráfego, na experiência de direção e na conservação e duração dos veículos, podendo inclusive ser causa de acidentes.

Embora existam vários tipos de pavimentação asfáltica cada uma apropriada para um tipo de tráfego veicular diferente, são os pneus os componentes que mais sofrem com a má conservação do asfalto, já que estão em contato direto e permanente com o pavimento.

Segundo um levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 12% dos acidentes que ocorrem no país são motivados por problemas nos veículos; e outros seis por cento por causa da má conservação das vias.

Para Gregory Mâitre, da Betuseal, empresa de selante asfáltico, uma parte dos acidentes causados por problemas nos veículos, podem ser por interferência direta da falta de qualidade do asfalto nas estradas em que esses carros trafegam. O problema pode não aparecer de imediato, mas circular constantemente por estradas esburacadas, pode ter efeitos deletérios, que se acumulam com o tempo.

Por isso, é importante não apenas fazer revisões periódicas e checar o estado dos pneus, mas também certificar-se acerca da qualidade do asfalto por onde se pretende rodar. Essa recomendação deve ser observada principalmente antes de se realizar viagens longas.

O pneu furou, e agora?

Uma vez que esteja garantida a integridade dos pneus e seu estado de conservação ideal, é necessário verificar se o veículo está equipado com estepe, macaco hidráulico, chave de roda, e, se for possível, uma alavanca para facilitar o torque, que pode ser até mesmo uma barra ou cano de ferro.

Mulheres podem ter dificuldades na hora de trocar pneus, por isso, uma dica para elas é treinar em casa, com a ajuda de alguém que já tenha trocado pneus anteriormente. Afinal, segurança nunca é demais.

Assuntos Relacionados
Andrielle Bressane · Artigos · Serviço

Comments are closed.