out 27, 2017
37 Visualizações
1 0

Recursos tecnológicos para melhorar seu desempenho no Vestibular

Publicado por

A tecnologia, especialmente a Internet, oferece ao aluno a possibilidade de se preparar para o Vestibular sem ter de frequentar um curso presencial. O ensino online está ajudando a democratizar a educação no Brasil. Vários sites de educação, que cobram algumas dezenas de reais por mês, preparam o aluno para o Vestibular tão bem quanto cursos pré-vestibular presenciais, que cobram mensalidades de centenas ou até milhares de reais.

O estudo online, graças aos recursos tecnológicos da atualidade, é extremamente conveniente para o estudante. Este pode estudar de qualquer lugar que ofereça acesso à Internet. O estudante pode estudar nos dias e horários que preferir. Vale ressaltar, porém, que a disciplina é um pré-requisito para se ter sucesso no estudo online.

Os atuais recursos tecnológicos oferecem inúmeras oportunidades e possibilidades: hoje, há diversas formas de utilizar a tecnologia para se preparar para exames e melhorar o desempenho no Vestibular e no Enem. Neste blog, oferecemos algumas sugestões de como o aluno deve utilizar a tecnologia do ensino online para otimizar seu desempenho nas provas que pretende prestar.

1. Concentre-se nos estudos.

O estudo pela Internet permite que o aluno estude onde e quando quiser. Isso significa que os estudantes não são obrigados a estudar nos horários determinados pelo colégio ou curso pré-vestibular. Cabe ao aluno estabelecer seus horários de estudo.

Já que a tecnologia oferece essa flexibilidade, o aluno deve fazer bom proveito dela. Deve estudar quando estiver bem-disposto. Não é recomendável estudar quando estiver exausto, principalmente se o conteúdo for difícil de assimilar. O ideal é que o aluno estude pelo horário da manhã, quando estiver descansado. Estudar com concentração e disposição mental significa estudar com eficácia.

É fundamental que o aluno consiga se concentrar nos estudos. O ideal é que estude em um lugar tranquilo e que evite interrupções. Se for possível, deve desligar o celular.

2. Organize os estudos.

O estudo online permite que o aluno organize seus estudos. É o estudante, não o curso, que definirá quanto tempo dedicará a cada matéria e assunto. Vários sites de educação disponibilizam programas de estudo.

É necessário que o programa de estudos seja bem organizado e que ajude o aluno a se manter focado. É fundamental que o estudante não postergue os estudos e não deixe de estudar os assuntos que considera difícil ou maçante.

3. Prepare resumos com os principais conceitos e fórmulas.

O Vestibular e o Enem exigem que o aluno estude todas as matérias ensinadas no colégio. O Enem e muitos vestibulares também testam matérias como Sociologia, Filosofia, Artes e Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol). É muito conteúdo a estudar. Assim, é recomendável que o aluno prepare resumos com os principais conceitos e fórmulas de cada uma das matérias. Assim, alguns dias antes da prova, pode revisar todo o conteúdo por meio dos resumos.

Vale ressaltar que alguns sites de educação disponibilizam resumos e fórmulas.

4. Após estudar uma aula, responda às questões dela.

É comum estudar uma aula e compreender os conceitos, mas não conseguir responder corretamente às questões que os testam. O motivo disso é que há uma enorme diferença entre estudar um conceito e saber aplicá-lo na prática. Isso vale especialmente para as Exatas. Exemplificando: o aluno pode estudar a aula de Probabilidade e entender a teoria, mas não conseguir responder corretamente às questões desse assunto. É necessário, portanto, que o aluno responda às questões que testam os assuntos da aula. Essa é a forma mais confiável de o estudante testar se realmente entendeu e assimilou o que estudou.

5. Consulte fóruns online.

Uma das poucas desvantagens de cursos on-line é que o aluno não tem um professor em sala de aula para auxiliá-lo e responder às suas dúvidas. Recomendamos que o aluno consulte fóruns online e poste suas dúvidas. É provável que obterá respostas às suas perguntas. O ideal é encontrar um fórum online que seja monitorado por professores experientes, que respondem corretamente às dúvidas postadas.

6. Analise provas passadas dos exames que você pretende prestar.

Muitos sites de educação, tanto pagos como gratuitos, disponibilizam provas de vestibular de anos passados. É fundamental que o aluno os analise. Por exemplo, se o aluno pretende prestar a Fuvest, é aconselhável que analise os exames aplicados por esse vestibular. Vale ressaltar que cada exame tem seu próprio formato. O Enem, por exemplo, é constituído por questões que costumam ser longas e incluir textos. Muitas das questões do Enem são interdisciplinares e requerem raciocínio. Já a maioria dos vestibulares é constituída por questões curtas e objetivas.

Se o aluno se familiarizar com o formato do exame que pretende prestar, estará mais bem preparado no dia do exame.

7. Exercitar: faça simulados e responda ao maior número de questões possível.

Muitos alunos perguntam: “O que estudar para o Vestibular?” Em outras palavras, buscam saber qual a forma mais eficaz de se preparar para os exames que pretendem prestar. A resposta é: fazer simulados! Evidentemente, é necessário estudar a teoria. Mas fazer simulados é a forma mais inteligente de se preparar para o vestibular. Há vários motivos para isso. Em primeiro lugar, o simulado é uma forma de averiguar se o estudante realmente entendeu e assimilou a teoria. Em segundo lugar, o simulado é a forma de verificar se o aluno consegue responder rápida e corretamente às questões. Vale lembrar que todo exame tem um limite de tempo: não basta responder às questões corretamente; é também necessário fazê-lo dentro do limite de tempo. Simulados ajudam o aluno a aprender a administrar o tempo de prova. Ademais, à medida que o aluno tem êxito nos simulados, adquirirá confiança. Isso é de grande importância, pois muitos alunos não conseguem otimizar o desempenho no Vestibular devido à ansiedade.

Essas constituem algumas sugestões para o aluno utilizar recursos tecnológicos para maximizar seu desempenho no Vestibular. O estudo on-line pode ser um grande aliado no preparo para esse exame. Mas cabe ao estudante saber utilizar a tecnologia a seu favor.

Assuntos Relacionados
Educação e Cultura

Barbara Beyda é educadora, escritora e blogueira e trabalhou com crianças que tinham dificuldades de aprendizado. Escreve artigos e blogs sobre uma vasta gama de assuntos relacionados à Educação, Cultura e Profissões. Alguns dos temas de seus artigos e blogs são: estudos on-line, escolha de carreira, preparo para o Vestibular e o Enem e orientações para professores, entre outros.

Comments are closed.