fev 19, 2014
195 Visualizações
0 0

Uma harmonização clássica

Publicado por

pasta_arrabiata_what_wine

Para uma bela noite de inverno, nada melhor do que degustar um bom vinho, não acham? E outra ótima pedida em épocas frias, são as massas. E as harmonizações mais fáceis e clássicas que existem são exatamente com esses dois componentes.
Vejamos o exemplo da Itália, país onde o vinho é amplamente consumido e adorado. Qual é a comida que os italianos mais apreciam? Massas, é claro!

Para nos ajudar com dicas de harmonização, convidamos o Chef Fabio Almeida e a Sommelier Ana Barreto, ambos do restaurante no Maracanã, zona norte do Rio de Janeiro, A Propósito Food Service.

Massas e Vinhos

Como as massas são comidas muitas vezes de forma mais simples, a harmonização não segue uma regra muito clara, já que quase todos os tipos podem ser apreciados com esse tipo de prato. Porém, para uma bela harmonização, é necessário observar qual o molho utilizado, e assim escolher um vinho que vá acentuar suas características ou então que vai complementá-lás.

Vamos agora à lista que eles nos ajudaram a elaborar:

  • Massas ao molho de tomate

A melhor harmonização para esse tipo de massa seria com vinhos tintos mais leves e delicados. Uma ótima pedida seria o vinho Canepa Novissimo Merlot.

  • Massas com molhos de queijos

Para massas com molhos cremosos ou à base de queijo, vinhos brancos, geralmente da uva Chardonnay, são uma ótima escolha. Porém, um tinto um pouco mais delicado, como os da uva Pinot Noir é muito bem indicado também. Os vinhos apontados por Ana são: Alamos Chardonnay e Maycas Reserva Especial Pinot Noir

  • Molhos à bolonhesa

Feitos à base de carne moída, são ótimos em macarrões, principalmente fettuccine ou tagliatelle. Para deixar ainda melhor, a harmonização pode ser feita com um vinho tinto de uvas Cabernet Sauvignon. O vinho indicado pela Sommelier nesse caso é o Catena Cabernet Sauvignon.

Antes de fazer uma harmonização em especial, pense no seu gosto pessoal. É muito melhor você tomar um vinho que goste do que ficar se prendendo a dicas e acabar não apreciando todo o sabor que os vinhos têm a oferecer.

Assuntos Relacionados
Andrielle Bressane · Colunistas · Gastronomia

Comente ou dê a sua opinião