set 6, 2014
183 Visualizações
0 0

A vida é feita de escolhas

Publicado por

CUIDADO!

Somos livres para escolher e acompanhar as nossas escolhas até o fim. Elas muitas vezes, nem sempre são frutos de decisões conscientes, muitas decorrem dos hábitos e como tal não são escolhas amplas e refletidas.

Uma das preocupações de Leonardo Boff, no seu livro: “Saber cuidar – ética do humano, compaixão pela Terra” (1999), é apontar a crise que afeta a humanidade pela falta de cuidado. Para sair desta crise, segundo o autor, precisamos de uma nova ética, ela deve nascer de algo essencial ao ser humano, reside mais no cuidado do que na razão e na vontade. Boff comenta a necessidade do ser humano em desenvolver a capacidade de cuidar de si, das pessoas e de toda a natureza, pois a falta de cuidado se apresenta constante em nossos dias. Uma solução seria a busca de uma nova filosofia com enfoque holístico. Deveríamos optar fazer a opção pelo cuidado. Cuidar, como ele diz, é mais que um ato, é uma atitude de preocupação, de responsabilidade e de envolvimento afetivo com o outro. As pessoas, não possuem somente corpo e mente, são seres espirituais. Assim, devemos valorizar esse lado espiritual através do sentimento e do cuidado com o nosso planeta. Mas como deve ser esse cuidado? Boff relata mais que ter cuidado, o homem é o próprio cuidado, pois, sem ele o homem deixa de ser humano. Cuidado assim pode ser representado pelo carinho, solidariedade, perdão, atenção e cooperação com os outros, animais e com o meio ambiente.

Vivemos num mundo onde o capitalismo reinante promove a falta de respeito com as condições básicas do ser humano. Assim é preciso que o cuidado com o próximo seja ativado para o resgate do respeito e do sentimento por todos. Para isso é necessária o ênfase no sentimento, já que a razão está ameaçada pelo capital.

O amor, de acordo com as ideias de Boff, manifesta-se no ser humano gerando a família e por consequência a sociedade. Se não acontecer o amor, o coletivo inexiste. A competição é negativa, pois só existe um vencedor, ela nega o amor ao próximo. Sem amor, o homem não possui o cuidado.

por Veriana Mosil

Somos mulheres que tratam da vida, do gostar e do acreditar que a vida é tecida ponto a ponto todos os dias. Na tessitura os fios são admirados e dão sentido para a existência humana. É tecida pelos fios do amor, solidariedade, aceitação, e pelos fios da tragédia composta por sucessões, alternâncias e alteridades. É preciso paciência, entregas e renúncias, partidas e recomeços, altos e baixos. Dialogue conosco e se comprometa a tecer uma vida com sentido. Teçam VITAM conosco!

TAGS
Assuntos Relacionados
Educação e Cultura

Comente ou dê a sua opinião